A valorização da infografia em base de dados

Para quem aprecia o jornalismo visual, sobretudo, os infográficos, aqui uma boa notícia: As infografias em base de dados estão a todo vapor  no momento. Entre outras questões, esta foi a principal mensagem proferida por Alberto Cairo, durante o I Seminário Internacional de Jornalismo On line, ocorrido  no último sábado (29), na Cásper Líbero (SP).

Entre os exemplos dos Database infographics citado por ele foi o infográfico do The New York Times, “The Ebb and Flow of movies”, vencedor do Premio Malofiej de 2008 e que causou grande polêmica em torno dele.

Em termos de volume e riqueza de dados, o gráfico é excelente, pois há nele muita informação a ser consumida, tem uma estética diferente (Database aesthetics), mas é de difícil navegação, do usuário interagir, explorar, traçar sua trajetória. E aí, o grande desafio de produzir estes gráficos  é tornar compreensível a informação sob um número complexo de dados.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s